Odisseia

«Mas está oculto no seio dos deuses se voltará ou não, para se vingar deles na sua casa.» (Homero)

Nova página de informação alternativa

Posted by atrida em Domingo, Março 30, 2008

no-media // portugal não pretende ser apenas mais uma página de informação alternativa. Procurando agregar as diversas sensibilidades da área nacional (e não apenas algumas ou mesmo só uma) assume o compromisso de dar voz a essas diversas correntes. O desafio é grande, os obstáculos também e só com grande determinação se poderá cumprir o propósito. Podemos avançar que têm sido contactadas pessoas representativas daquelas áreas, esperando-se que dêem o seu contributo e permitam que colaborem num projecto comum personalidades que talvez venham a descobrir que têm mais em comum do que aquilo que pensam.

Da página constarão, além de artigos de opinião, notícias, recortes de imprensa e textos oriundos da blogosfera.

Visitem, comentem e divulguem.

Anúncios

7 Respostas to “Nova página de informação alternativa”

  1. Rodrigo said

    Já o disse no blog do Victor e digo-o aqui: começou logo demasiado mal! Ou se calhar começou logo por revelar o que é. São os mesmos do costume que criaram um espaço para divulgar as mesmas salganhadas de sempre, armados da «boa-vontade da inclusão de todas as correntes» (quase que me vem uma lágrima ao olho…).

    Sob a égide do «anti-sistema» entra tudo e divulga-se tudo, sem haver um fundo mínimo de coerência, que, num movimento nacionalista, tem de ser sempre assente numa ideia partilhada do que é a nação.

    Ora, quando um espaço desses abre por divulgar um comunicado do MIL, que alguns pretendem usar para a criação de um espaço político lusotropicalista, está tudo dito. Para mim, arderam…

    E depois, a costumeira simpatia mal disfarçada pelo islão como inimigo do sião ( onde outros fazem o inverso, que isto da cegueira corre em ambos os sentidos), a identificação do capitalismo como justificação de todos os males esquecendo que a outra metade do problema não é de estruturas económicas mas de estruturas sociológicas e culturais cujas raizes estão no esquerdismo. Ou seja, se amanhã o capitalismo desaparecesse o problema mantinha-se desde que a outra metade do vírus não fosse eliminada.

    O constante filo terceiro-mundismo com a recorrente isenção da culpa do desgraçadinho imigrante ( que é sempre só uma pobrezinha vítima do sistema capitalista facínora…etc.,etc.,etc…)

    Assim, não!

  2. Rodrigo

    A intenção é divulgar o nacionalismo, mas também noticias que possam ter interesse.
    Vai lá encontrar muita coisa com a qual não concorda, da mesma forma que eu vou lá postar muita coisa com a qual não concordo. Mas informar não significa concordar.
    O projecto não vai afastar-se um milímetro do já pode ser visto, pois para informar só de alguns, já existem muitos portais.
    Embora criado e pago por elementos da TIR vamos tentar, que outros se juntem a nós na “redacção”.

  3. Bom, é o tipo de crítica a que não sei responder 🙂 as agências noticiosas ou são más porque excluem alguns da área ou são más porque não excluem ninguém da área, é impossível responder a este tipo de crítica.

    Ora bem, quando compramos uma revista ou um jornal temos escribas de todo o lado, o DN por exemplo tem gente próxima do patriotismo português como o João César das Neves como tem aquela loiraça jeitosa do BE, eu gosto de ler o César das Neves mas como o jornal também publica artigos de gente do BE deixo de ler o jornal?

    Nos seus primeiros dois dias o portal publicou artigos de militantes da CI, PNR, PND, MIL, AN(A) e outros de gente sem qualquer filiação política… ainda não publicou um só artigo de gente da TIR (suspeito que se trata de autocensura com base no receio de uma qualquer acusação de favoritismo ou sectarismo certamente) por isso não compreendo a acusação de “os mesmos do costume”…

  4. Oh, esqueci-me do Eurico de Barros que também escreve no DN…

  5. Der Komisaar said

    Para ir acabando com as tretas do lumpen “”””””pacifista””””””

    http://oinsurgente.org/2008/03/30/o-iraque-as-armas-de-destruicao-macica-e-a-mentira-de-bush-blair-aznar-e-barroso/#more-10669

  6. Atrida said

    Rodrigo, a nova página (e falo pelos promotores, entre os quais eu não me incluo) não pretende impor uma visão das coisas uniforme e previamente aceite entre os seus colaboradores. Pretende ser uma página aberta a todas as colaborações por parte de quem ainda sente Portugal e a Europa como algo a preservar (salvar parece-me um termo demasiado pretensioso).
    Se para si a coisa “ardeu”, lamento, pois se quisesse (quiser) colaborar tem lá uma tribuna livre onde poderá dizer e escrever tudo o que sente, que não será certamente diferente daquilo que nos habituámos a admirar nos seus blogues.

  7. http://nacionalistas.wordpress.com/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: