Odisseia

«Mas está oculto no seio dos deuses se voltará ou não, para se vingar deles na sua casa.» (Homero)

Cinco anos com o Último Reduto

Posted by atrida em Terça-feira, Agosto 19, 2008

No Verão Quente de 2003 nasceram três dos blogues que mais têm feito pela difusão da ideia nacionalista em Portugal neste meio: Nova Frente, O sexo dos Anjos e, nascido há precisamente cinco anos, Último Reduto.

Descobri-os apenas em Março de 2004, aquando do passamento de Rodrigo Emílio, e logo me deliciei com a irreverência, a profundidade das ideias, a sua exposição sem intelectualismos parolos – e sobretudo a firmeza com que as defendiam. O mês de Abril desse ano foi sem dúvida dos mais ricos da blogosfera nacional, com a demolição metódica de Abril, num tom jocoso e com laivos de genialidade (consultem os arquivos desse mês, que valem bem a pena).

O Pedro, além de sofredor nacional, carrega também, como eu, a Cruz de Cristo belenense, esse amor a um clube que procura nos dias de hoje manter a chama do desporto pelo desporto, do ecletismo, do valor da formação dos atletas e dos homens, do preferir perder que ganhar com batota.

Toda uma lição de vida para quem se bate por ideais grandiosos e prefere morrer de pé que os renegar, vivendo de joelhos.

Parabéns ao Último Reduto!

Advertisements

2 Respostas to “Cinco anos com o Último Reduto”

  1. Maria said

    Concordo consigo sobre os Blogs que menciona, são de facto d’excepção. Todos eles estão de parabéns… mas há ainda mais alguns e não tão poucos quanto isso, dignos de especial realce e que também enriquecem a Blogosfera sobremaneira. Entre os quais se situa este seu, como não!? E já agora mais parabéns merece por ter voltado à liça. E, se me permite a ousadia, já não era sem tempo.
    Por mim gradeço-lhe a chamada d’atenção para os escritos dos autores que refere, relativamente ao mês e ano que cita. Penso não os ter lido ainda – muito embora já tenha lido imensos textos de variados arquivos – e não os posso perder de modo algum. Efectivamente se ainda existe alguma coisa no nosso País que vale muito a pena fazer, é bater com fúria demolidora nesta espécie de poder. A Fé de que “este perfeito horror” há-de um dia ter fim, é o que ainda nos alimenta a alma. Na realidade a singular alma lusitana cuja indómita e bravura levou este povo a alcançar feitos sobre-humanos que mais nenhum outro povo ousou ou foi capaz, é mais uma vez a força sobrenatural que ainda alimenta, une, motiva e mantém de pé o verdadeiro povo português. E se este extraordinário povo venceu tantas outras batalhas impossíveis, também vencerá mais uma. É só uma questão de tempo.

  2. Maria said

    “… indómita valentia e bravura…”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: