Odisseia

«Mas está oculto no seio dos deuses se voltará ou não, para se vingar deles na sua casa.» (Homero)

Dever de memória

Posted by atrida em Sexta-feira, Abril 24, 2009

arrifanaHoje está muito na moda falar-se em “dever de memória”. Sabe-se bem que é um “dever” falar e evidenciar factos históricos concretos ou empolados, para efeitos de propaganda de seita ou facção. Outros eventos são silenciados, por inconveniência ou irrelevância à luz da ideologia e dos grupos de presssão dominantes.

Foi, assim, que soube com agrado que o povo de Arrifana, concelho de Santa Maria da Feira, recriou na semana passada o massacre de 71 pessoas perpetrado pelas tropas invasoras francesas, no dia 17 de Abril de 1809, há portanto 200 anos. Foi um tempo em que os portugueses mostravam bravura e valentia e em que heroicamente conseguiram expulsar o invasor. Que não as ideias que este trazia consigo; por cá ficaram a germinar as ervas daninhas da revolução, que brotaram decisiva e tragicamente poucos anos depois.

Advertisements

Uma resposta to “Dever de memória”

  1. Diogo said

    Desconhecia este episódio. Por trás das invasões francesas está Napoleão. Por trás de Napoleão estão os iluministas (aka illuminati). Por trás dos iluministas está a maçonaria e, atrás desta, os judeus.

    Porque é que um corso decidiu destruir a Europa toda? Quem o financiou? Com que objectivos?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: